Skip to content
  • Escrito por Ivo Arruda
  • 09 Outubro 2018
  • Acessos: 150

40 Anos de Missão no Brasil

A comunidade brasileira da Pia Sociedade de Pe. Nicola Mazza celebrou o quadragésimo aniversário da chegada dos primeiros missionários mazzianos no Brasil. Há exatos 40 anos, no dia 8 de setembro de 1978, partiam da cidade de Verona, na Itália, o padre Carlos Avanzi e o então seminarista, Dário Vaona, com a finalidade de conhecer a realidade brasileira e estudar a possibilidade de estender o carisma de Pe. Mazza ao Brasil.comunidade 40 anos

Os primeiros missionários foram acolhidos por Dom José Maria Pires que, na época, era o arcebispo da arquidiocese de João Pessoa, no estado da Paraíba. Não sem dificuldades, sustentados com o zelo pastoral e missionário, os religiosos mazzianos enviados ao Brasil estenderam as raízes no solo brasileiro e, dez anos mais tarde, após uma longa experiência pastoral com a juventude e a paróquia, surgiu o Projeto Beira da Linha como primeiro fruto do carisma mazziano na missão iniciada.

No mesmo tempo, a missão mazziana no Brasil estendeu seus ramos à cidade de Recife, capital do estado de Pernambuco, onde surgiu o Projeto Casa Pe. Melotto. A primeira experiência se deu no bairro de Brasília Teimosa, região marcada principalmente pela carência em todos os níveis – econômico, político, social, cultural. Em seguida, a experiência da Casa Pe. Melotto foi transferida para cidade de Olinda, onde permanece até os dias atuais.

Somado aos esforços nos projetos sociais que atendem crianças e jovens, a Pia Sociedade no Brasil dedicou-se também ao apostolado na Igreja, atendendo às demandas pastorais da arquidiocese. O próprio padre Carlos Avanzi atuou em João Pessoa como vigário geral, no período em que lá esteve. Atualmente esse trabalho se concentra na Arquidiocese de Olinda e Recife com a assistência pastoral e administrativa de duas paróquias – Nossa Sra. do Ó, em Paulista-PE e São Pedro Mártir de Verona, em Olinda-PE. Além disso, o padre Sandro Corazza atua como vigário episcopal para a vida religiosa na arquidiocese de Olinda e Recife.

Ao longo desses 40 anos há muito o que celebrar. Para comemorar essas quatro décadas de sua chegada ao Brasil, a comunidade mazziana reuniu amigos, benfeitores, paroquianos e familiares em uma programação celebrativa estendida à Pernambuco e Paraíba.

PERNAMBUCO 

A programação em Pernambuco se dividiu em dois momentos. No dia 8 de setembro, na Igreja de Nossa Sra. do Amaro, em Olinda-PE, às 10h da manhã, os religiosos reunidos com amigos celebraram a eucaristia, presidida pelo Superior Geral, Pe. Alberto Moreira. Na ocasião, o superior recordou que o fundamento da ação mazziana é o amor de Deus – “tudo por causa de um grande amor”.

O mesmo reconheceu, ainda, a ação providente de Deus ao longo desse período de missão e se desculpou pelas falhas ocorridas no percurso. Após a celebração, os presentes se dirigiram à Casa Pe. Melotto para um almoço de confraternização.

No dia seguinte – 09 de setembro, a comunidade mazziana celebrou com os paroquianos de Nossa Sra. do Ó, em Paulista-PE, com uma missa na Igreja Matriz às 8h30. Presidida pelo superior geral, a celebração contou com a presença de paroquianos, benfeitores e amigos da Pia Sociedade de Pe. Mazza no Brasil.

40 anos site

Após a celebração eucarística, a comemoração continuou no salão paroquial com apresentação teatral dos alunos da Casa Pe. Melotto contando um pouco da vida de Pe. Mazza, uma exposição fotográfica que contou um pouco da história da missão mazziana no Brasil, além de música, dança, lanche e bolo comemorativo.

PARAÍBA 

Para as comemorações em João Pessoa, Paraíba, seguiu de Pernambuco um ônibus com fiéis rumo à cidade que, há 40 anos, recebeu os missionários mazzianos. Na recepção, foi apresentada a Banda Marcial Padre Mazza, fundada em 1996 e formada por jovens. Na capital paraibana, os eventos comemorativos ocorreram durante todo o dia 15 de setembro: de manhã, no Alto do Mateus, deu-se a visita ao complexo educacional do Projeto Beira da Linha, administrados pela Pia Sociedade de Padre Nicola Mazza. Nessas visitas, foi apresentada toda a história das realizações da Pia Sociedade em João Pessoa. Foi apresentada também a casa das Irmãs do Pe. Mazza, onde aconteceu o almoço.

Às 17 horas, deu-se a Celebração Eucarística na igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição, no Varadouro. O ato religioso foi presidido por Pe. Dário e concelebrado pelos padres também mazzianos Alberto, Sandro, João, Jerônimo e Alan; além do atual pároco Pe. Alexandre. Em sua homilia, Padre Dário, o pioneiro com Pe. Carlos, fazendo memória da missão mazziana no Brasil, disse que não se pode fugir da cruz e comemorar 40 anos, e que o mérito e a glória cabem ao mestre Jesus. Padre Dário pediu que as falas fossem breves e que fossem evitados os elogios, mas não teve como ocultar-se, entre tantas realizações, as vocações mazzianas surgidas no Brasil nesses quarenta anos e as manifestações de gratidão feitas pelos paraibanos e pernambucanos.

Após a missa, aconteceu o encerramento das comemorações com uma confraternização geral das comunidades paraibana e pernambucana assistidas pelos padres mazzianos no Brasil, quando foi servido um grande bolo ao som da Banda Mazza.